quarta-feira, 6 de novembro de 2013

Cortinas































Nossas confecções de cortinas são bem amplas, executamos qualquer modelo, seja ela franzida, com pregas (americana ou macho), brise-brise, painel, no varão com argolas, com alça e ilhós.
Não importa o modelo, sua função é o controle da luminosidade externa, evitando ou atenuando a incidência direta dos raios do sol. Vale ressaltar o cuidado na hora de escolher o tecido.
Quanto à fixação pode ser no varão com o suporte único, duplo, de teto ou na parede. Com o trilho, pode ser liberal ou suíço, nas opções única, dupla, tripla ou quádrupla (normalmente utilizado nos cortineiros de gesso).
Quanto aos acabamentos dos acessórios podem ser: de madeira (marfim, cerejeira, mogno, imbuia, patinado ou laqueado) ou de metais (dourado, cromado, ouro velho, titânio, alumínio ou preto fosco).

Dica – Cortinas longas normalmente recomendadas para todos os ambientes. Indicamos as cortinas curtas, para ambientes como lavanderias, cozinhas, lavabos ou quando há móveis fixados embaixo de janelas.
As cortinas que ficarão expostas ao sol, devem ser de tecidos com cores claras, para não desbotarem com tanta facilidade, descartando o branco para não amarelar.